(42) 3646-1122

Horário de Atendimento:
Segunda à Sexta - 8h30 às 11h30 e 13h30 às 17h

GESTÃO ATUAL
O MUNICÍPIO
SERVIÇOS

Última Atualização do site:  

13/12/2017 11:32:50

Mais investimentos na Educação de Pitanga

EDUCAÇÃO E CULTURA

Mais investimentos na Educação de Pitanga

 

Em Curitiba, nesta quarta-feira (06), o prefeito Dr. Maicol Callegari Barbosa, acompanhado do Chefe de Gabinete, Élio Oliveira, dos assessores, Mara França Renauer e Jonei Farias, da vereadora Eloy Ottoni, do Secretário de Educação, Alfredo Luiz Schavaren, Juliana Semmer e diretoras de escolas, estiveram reunidos com o Chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni e os deputados Alexandre Curi e Bernardo Carli, para assinatura de convênios, liberando recursos que serão investidos em reformas nas escolas em dualidade.

 

"Hoje atendemos diretores (as) de três escolas de Pitanga, que funcionam no sistema de dualidade (que é quando a escritura está em nome da prefeitura e a escola atende também alunos da rede estadual). Elas já receberam recursos do programa Escola Mil, mas não foram suficientes para realizar todas as obras necessárias. Faremos um novo aporte atendê-las. E assim fechamos a reforma de todas as das regiões Central", destacou Rossoni.

 

Layne Santos - Jornalista
Assessoria de Comunicação 
Prefeitura Municipal de Pitanga

Incentivo aos empreendedores de Pitanga

Secretaria Indústria, Comércio e Turismo

Incentivo aos empreendedores de Pitanga

 

A equipe da Secretaria de Indústria, Comércio e Turismo, SEBRAE, Fomento Paraná e parceiros, promoveram nesta sexta-feira (30), palestra aos MEIs (Micro Empreendedores) de Pitanga, para orientá-los sobre os incentivos à pequena e média empresa, e as linhas de crédito disponibilizadas por instituições financeiras aos interessados em novos investimentos.

 

Assessoria de Comunicação
Secretaria de Indústria, Comércio e Turismo
Prefeitura Municipal de Pitanga

Regularização títulos para 700 famílias de Pitanga

Cohapar

Regularização títulos para 700 famílias de Pitanga

 

Representantes da Prefeitura de Pitanga visitaram nesta quarta-feira (29) a sede da Cohapar, em Curitiba, para dar andamento a um projeto que pretende regularizar cerca de 700 imóveis sem documentação na cidade. Eles foram recebidos pelo superintendente de Relações Institucionais da empresa, João Naime Neto, que orientou a equipe municipal sobre o processo e também sobre outras ações previstas para a localidade.

 

A iniciativa faz parte do programa Morar Legal Paraná, lançado pelo Governo do Estado em 2016 e coordenado pela Cohapar com recursos do Fundo Estadual de Combate à Pobreza. Através de processos licitatórios, a companhia contrata empresas especializadas no ramo pelo critério de menor preço.

 

Segundo Naime Neto, a contratação em lote e os subsídios do programa ajudam a reduzir os custos pagos pelas famílias que decidem aderir aos projetos. “Com a oferta de condições facilitadas, o governo estadual está permitindo que milhares de famílias saiam da irregularidade e tenham o seu direito de propriedade reconhecido”, afirma o superintendente.

 

CONSTRUÇÃO DE CASAS – Outras frentes de trabalho conjuntas entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Pitanga se concentram na viabilização de investimentos para a construção de novas moradias à população de baixa renda. Os órgãos aguardam um posicionamento do governo federal sobre a liberação de recursos para a construção de 200 residências urbanas e 99 rurais, que dependem da aprovação do Ministério das Cidades.

 

Orientado pela equipe técnica da companhia, o prefeito também se prepara para participar do 2.º chamamento do programa Família Paranaense. Lançado pela Secretaria de Estado da Família e Desenvolvimento Social, o edital prevê a seleção de projetos para a construção de 10 a 50 moradias por cidade em localidades que já participam do programa.

 

“Com o apoio da Cohapar, esperamos que parte destes recursos sejam repassados para a melhoria da qualidade de vida das famílias carentes de Pitanga”, informa o chefe de gabinete de Pitanga, Elio de Oliveira.

 

Participaram da reunião o diretor municipal de Habitação, Celso Teodoro, e o assessor do deputado estadual Pedro Lupion, Benedito Garcia.

 

Assessoria de Comunicação / COHAPAR

Prefeitura Municipal de Pitanga

 

TARDE CULTURAL

Desenvolvimento Social e Centro da Juventude

TARDE CULTURAL

 

C    O    N    V    I    T     E

 

TARDE CULTURAL

 

CENTRO DA JUVENTUDE

 

DIA 30/11/2017 -  às  14hs

 

PARTICIPE!

Pelo Fim da Violência Contra as Mulheres!

Coordenadoria Especial da Mulher de Pitanga

Pelo Fim da Violência Contra as Mulheres!

 

PELO 'FIM DA VIOLÊNCIA' CONTRA AS MULHERES!

 

A violência contra as mulheres atinge cotidianamente a classe trabalhadora como um todo! É um problema que divide homens e mulheres da mesma classe, que deveriam ter relações de solidariedade e companheirismo contra o mesmo inimigo, o capital. A violência contra as mulheres reforça o papel da mulher enquanto oprimida, atingindo sua auto-estima, sua dignidade e até mesmo sua vida (o número de assassinatos de mulheres por seus próprios parceiros tem aumentado). Dessa forma atinge sua capacidade de participação e de empoderamento enquanto sujeita da transformação revolucionária.

 

Os dados nacionais nos mostram como esse é um problema real: quatro mulheres são espancadas por minuto no Brasil. Dentre as formas de violência mais comuns no país, destacam-se a agressão física mais branda, sob a forma de tapas e empurrões, sofrida por 20% das mulheres; a violência psíquica de xingamentos, com ofensa à conduta moral da mulher, vivida por 18%, e a ameaça através de coisas quebradas, roupas rasgadas, objetos atirados e outras formas indiretas de agressão, vivida por 15%. Dos casos de assassinatos, 70% são cometidos por ex-maridos, ex-amantes ou ex- namorados. E estima-se que somente 10% das mulheres brasileiras vítimas de violência fazem a denúncia.

 

A data de 25 de novembro de 1960, ficou conhecida mundialmente por conta do maior ato de violência cometida contra mulheres. As irmãs Dominicanas Pátria, Minerva, e Maria Teresa, conhecidas como “Las Mariposas”, que lutavam por soluções para problemas sociais de seu país (República Dominicana) foram perseguidas, diversas vezes presas, até serem brutalmente assassinadas por agentes do governo militar. A ditadura simulou um acidente.

 

Em 1981, durante o I Encontro Feminista da América Latina e do Caribe, realizado em Bogotá, na Colômbia, o dia 25 de novembro foi escolhido como Dia Internacional da Não Violência contra a Mulher, em homenagem às três irmãs ativistas políticas.

 

A luta dessas mulheres nos inspira para lutarmos por mais justiça social e por um mundo sem violência contra a mulher.

 

Uma vida sem violência é um direito de todas as mulheres!
Violência contra a mulher é crime, denuncie!

 

Maiores informações (42) 3646.18.65

 

Coordenadoria Especial da Mulher  
PREFEITURA MUNICIPAL DE PITANGA

PROERD

EDUCAÇÃO, CULTURA e PROERD

PROERD

 

C   O   N   V   I   T    E 

Formatura 175 alunos da Turma PROERD 

Dia: 01/12 , às 14hs

Local : Centro de Eventos do Lago Miguel Adur

Presença : Comunidade Escolar e Autoridades da Polícia Militar do Paraná / PROERD, e do Municipio de Pitanga.

 

Participe!

SECRETARIA EDUCAÇÃO E CULTURA

PROERD

PREFEITURA MUNICIPAL DE PITANGA

 

Centro Administrativo 28 de janeiro, nº 171 - Centro

CEP: 85200-000 - PITANGA - Paraná

(42) 3646-1122

Horário de Atendimento:
Segunda à Sexta - 8h30 às 11h30 e 13h30 às 17h